Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
NOTÍCIAS
Concursos
Copa do Mundo 2010
Política
Reportagem Especial
Policial
Regional
Estadual
Nacional
O Mundo
Economia
Educação
Meio Ambiente
Saúde
Esporte
Local
CANAIS
Alto Astral
Turismo
Reflexão
Dicas e Truques
Editais
Artigos
Parábola
Telefones Úteis
Eventos
Horóscopo
Culinária
Poesias
Piadas
Aniversariantes
Contas Públicas
LINK'S
Micks Informática
Vilson Nunes
Farol da Cidade
Joaquim José Show
Folha do Vale
Sudoeste Bahia
Blog Tiago Marques
Pref. de Guanambi
Alô Cidade
Lobo Mau
Blog do Latinha
Caetfest
Iguanambi
Twitter Trib.Popular
Face Tribuna Popular
REDEINTERSOFT.COM
a-Bahia.com
Portal Pindai
Portal Montes Claros
 
a a a
 
Paulo Souto critica falta de programas para desenvolvimento industrial do interior do estado
 
Sexta, 29 de Janeiro de 2010  
 

O anúncio da ampliação de fábricas do pólo calçadista baiano foi comemorado pelo presidente estadual do Democratas, o ex-governador Paulo Souto, em comentário na Rádio Metrópole, dia (28/01), pela manhã. “Fico feliz porque isso prova como foi acertada a nossa política de trazer essas empresas para a Bahia”. Souto, no entanto, lamentou a não existência de novos programas e movimentos sistematizados no sentido de criar novas oportunidades de industrialização no interior do estado.

Para o ex-governador da Bahia, é preciso aproveitar este momento de aquecimento do mercado interno e de maior acesso da população a bens de consumo para buscar novas oportunidades de industrialização do interior da Bahia. “A indústria calçadista, que hoje está em expansão, veio para a Bahia através de um esforço que fiz no meu primeiro governo e que teve continuação nas gestões governamentais posteriores”, afirmou.

Sem perceber nenhuma ação atual, Souto disse que todo governo tem que avançar na questão do desenvolvimento do interior para tornar o estado mais harmônico do ponto vista social e econômico. “Em certas áreas é preciso que o desenvolvimento seja induzido. É possível encontrar alguns fatores competitivos que podem muito bem influenciar certos programas para desenvolver o interior baiano. A industrialização é um dos caminhos, mas também há outros como os programas de irrigação que, infelizmente, não estão sendo priorizados”.

Segundo o presidente estadual do Democratas, os governos anteriores partiram do princípio básico que, em algumas áreas do interior da Bahia, havia a necessidade de programas de indução do desenvolvimento para atrair empresas intensivas em mão-de-obra. “As indústrias calçadistas, por exemplo, foram instaladas em algumas regiões do estado e são responsáveis por um grande número de empregos. Uma delas, na cidade de Itapetinga, chega a estimular a geração de 18 mil postos de trabalho”.

Para Souto, quem visita algumas das cidades que receberam empreendimentos industriais percebe a transformação sócio-econômica. “Isso não acontece só onde foram implantadas indústrias calçadistas, mas com o pólo de informática, em Ilhéus, a indústria de celulose que avançou muito, mas precisa se diversificar, no Extremo-Sul, e outras iniciativas no Oeste”.

O ex-governador da Bahia lamentou que as iniciativas que foram feitas na indústria têxtil não puderam ir mais adiante, porque o pólo têxtil, que tinha tudo para ser na Bahia, acabou indo para Pernambuco, por falta de vontade política do atual governo baiano.

 

ASCOM - Paulo Souto


 
 
Untitled Document
 Deixar um comentário
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Fones: (77) 9 9962-1243 e 9 8827-5702
Editora Tribuna Popular LTDA - Avenida Presidente Castelo Branco, 96, Centro, Guanambi-Ba.