Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
NOTÍCIAS
Concursos
Copa do Mundo 2010
Política
Reportagem Especial
Policial
Regional
Estadual
Nacional
O Mundo
Economia
Educação
Meio Ambiente
Saúde
Esporte
Local
CANAIS
Alto Astral
Turismo
Reflexão
Dicas e Truques
Editais
Artigos
Parábola
Telefones Úteis
Eventos
Horóscopo
Culinária
Poesias
Piadas
Aniversariantes
Contas Públicas
LINK'S
Micks Informática
Vilson Nunes
Farol da Cidade
Joaquim José Show
Folha do Vale
Sudoeste Bahia
Blog Tiago Marques
Pref. de Guanambi
Alô Cidade
Lobo Mau
Blog do Latinha
Caetfest
Iguanambi
Twitter Trib.Popular
Face Tribuna Popular
REDEINTERSOFT.COM
a-Bahia.com
Portal Pindai
Portal Montes Claros
 
a a a
 
Procon-BA vai fiscalizar aplicação da nova cobertura dos planos de saúde
 
Quarta, 20 de Janeiro de 2010  
 

A adoção da nova cobertura de serviços prestados pelas operadoras de plano de saúde será fiscalizada na Bahia pela Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), órgão da Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, assim que as novas regras entrarem em vigor. De acordo com a superintendente do órgão, Cristiana Santos, além de atender às reclamações registradas pelos consumidores, o Procon-BA também vai autuar as operadoras que desrespeitarem as novas exigências.

Ao todo, foram 70 coberturas incluídas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) no Rol de Procedimentos e Eventos de Saúde a partir da resolução normativa nº 211, publicada no dia 12 deste mês, no Diário Oficial da União.  As novas regras entrarão em vigor no dia 7 de junho e beneficiarão os consumidores que tiverem firmado contrato a partir de 2 de janeiro de 1999 - data que entrou em vigor a lei nº 9.656/98 que regulamenta o setor de saúde suplementar.

De acordo com Cristiana, a atualização desses procedimentos é importante porque alguns exames e novas técnicas estarão acessíveis aos consumidores. Caso o beneficiário pleiteie o serviço e não seja atendido pela operadora, poderá procurar um dos postos de atendimento do órgão para registrar reclamação. As operadoras que não obedecerem as normas poderão ser multadas pelo Procon-BA. 

Os beneficiários terão direito a cobertura nos casos de acidentes de trabalho e procedimentos de saúde ocupacional e a internação domiciliar, independentemente de previsão contratual. Em relação à saúde mental, a nova resolução põe fim à limitação de 180 dias de atendimento em hospital-dia, reforçando a política de substituição das internações psiquiátricas.

Também foi ampliado o número de critérios que devem ser preenchidos para que a cobertura seja obrigatória e a incorporação de guias de orientação da prática clínica baseadas nas melhores evidências disponíveis, produzidas pela Associação Médica Brasileira.

Estatísticas - No Brasil, existem mais de 50 milhões de pessoas beneficiárias de planos de saúde, atendidas pelas 1.516 operadoras em atividade. O Procon-BA, parceiro da ANS, também é responsável por receber e tratar as reclamações dos consumidores sobre o assunto e, trimestralmente, encaminha relatório com a lista dos registros feitos nos postos de atendimento, disponíveis na capital baiana.

Do dia 1º de setembro até o dia 15 de janeiro, o Procon-BA atendeu a 48 reclamações relacionadas ao não cumprimento da oferta, emissão e remessa de carnês e orçamentos, abrangência do contrato, reajuste por alteração de faixa etária e sem previsão contratual, publicidade e venda enganosa, entre outras.

 

Agecom


 
 
Untitled Document
 Deixar um comentário
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Fones: (77) 9 9962-1243 e 9 8827-5702
Editora Tribuna Popular LTDA - Avenida Presidente Castelo Branco, 96, Centro, Guanambi-Ba.