Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
NOTÍCIAS
Concursos
Copa do Mundo 2010
Política
Reportagem Especial
Policial
Regional
Estadual
Nacional
O Mundo
Economia
Educação
Meio Ambiente
Saúde
Esporte
Local
CANAIS
Alto Astral
Turismo
Reflexão
Dicas e Truques
Editais
Artigos
Parábola
Telefones Úteis
Eventos
Horóscopo
Culinária
Poesias
Piadas
Aniversariantes
Contas Públicas
LINK'S
Micks Informática
Vilson Nunes
Farol da Cidade
Joaquim José Show
Folha do Vale
Sudoeste Bahia
Blog Tiago Marques
Pref. de Guanambi
Alô Cidade
Lobo Mau
Blog do Latinha
Caetfest
Iguanambi
Twitter Trib.Popular
Face Tribuna Popular
REDEINTERSOFT.COM
a-Bahia.com
Portal Pindai
Portal Montes Claros
 
a a a
 
Aumento da Cide amplia repasses para prefeituras
 
Domingo, 17 de Janeiro de 2010  
 

O aumento na arrecadação da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) ampliou os repasses de receitas do tributo para as prefeituras. A transferência da Cide para os municípios em janeiro somou R$ 113,3 milhões, alta de 13% em relação ao repasse anterior, em outubro, quando haviam sido depositados R$ 100,1 milhões.

Segundo a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), os valores retomaram os níveis registrados em 2008. A recuperação nos repasses ocorre depois de as receitas do tributo, que incide sobre os combustíveis e lubrificantes, caíram em quase 60% no ano passado.

A diminuição das transferências da Cide foi motivada por dois fatores: a redução da base de cálculo do tributo, que vigorou por um ano e dois meses, e a utilização do mecanismo de compensação tributária pela Petrobras. Com a queda na arrecadação, os repasses para os municípios também encolheram.

Em abril de 2008, o governo reduziu a alíquota da Cide para compensar o aumento no preço dos combustíveis nas refinarias e impedir a alta de preços para o consumidor final. Na ocasião, o imposto sobre a gasolina passou de R$ 0,28 para R$ 0,18 por litro. No diesel, a redução foi de R$ 0,07 para R$ 0,03 por litro.

Em junho do ano passado, quando o preço dos combustíveis caiu, o governo reajustou a Cide. Para a gasolina, a alíquota subiu para R$ 0,23. No caso do diesel, o valor retornou a R$ 0,07 por litro.

Investigada por uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) no ano passado, a compensação tributária pela Petrobras consistiu no abatimento de PIS/Cofins e da Cide que deveriam ter sido pagos pela estatal. O motivo foi a mudança na forma de contabilidade dos bens da companhia no exterior.

Ao pedir a compensação tributária, a Petrobras alegou que pagou Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) a mais por causa dos critérios contábeis antigos. Segundo a Receita Federal, a compensação provocou a perda de arrecadação de R$ 4 bilhões da Cide e do PIS/Cofins. A Petrobras alegou que deixou de pagar R$ 1,14 bilhão em tributos.

Cobrada pelo governo federal, a Cide, em tese, tem 29% dos recursos repassados aos estados. No entanto, por causa da Desvinculação de Receitas da União, que permite ao governo federal usar até 20% do orçamento para programas que julgar prioritários, as transferências efetivas somam 23,2%. Os estados repassam aos municípios 25% do valor recebido, o que resulta numa distribuição final de 5,8% da receita da Cide para as prefeituras.

 

ABr


 
 
Untitled Document
 Deixar um comentário
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Fones: (77) 9 9962-1243 e 9 8827-5702
Editora Tribuna Popular LTDA - Avenida Presidente Castelo Branco, 96, Centro, Guanambi-Ba.