Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
NOTÍCIAS
Concursos
Copa do Mundo 2010
Política
Reportagem Especial
Policial
Regional
Estadual
Nacional
O Mundo
Economia
Educação
Meio Ambiente
Saúde
Esporte
Local
CANAIS
Alto Astral
Turismo
Reflexão
Dicas e Truques
Editais
Artigos
Parábola
Telefones Úteis
Eventos
Horóscopo
Culinária
Poesias
Piadas
Aniversariantes
Contas Públicas
LINK'S
Micks Informática
Vilson Nunes
Farol da Cidade
Joaquim José Show
Folha do Vale
Sudoeste Bahia
Blog Tiago Marques
Pref. de Guanambi
Alô Cidade
Lobo Mau
Blog do Latinha
Caetfest
Iguanambi
Twitter Trib.Popular
Face Tribuna Popular
REDEINTERSOFT.COM
a-Bahia.com
Portal Pindai
Portal Montes Claros
 
a a a
 
Governo discute redução de percentual de etanol na gasolina
 
Quarta, 06 de Janeiro de 2010  
 

Representantes dos ministérios da Fazenda, da Agricultura e de Minas e Energia começaram hoje (6) a discutir uma possível redução do percentual de álcool na gasolina, que atualmente é de 25%.

O preço do etanol subiu recentemente em função da alta demanda e da baixa produção. Por causa das chuvas, 60 milhões de toneladas de cana-de-açúcar estão em pé nos canaviais sem serem colhidas, o que prejudicou a produção do combustível. Ontem (5), o ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, afirmou que o mercado de etanol deve levar de 90 a 120 dias para ser normalizado.

“Houve uma redução no volume de produção de álcool em função das chuvas. É preciso pensar no equilíbrio disso”, afirmou hoje (6) o ministro da Fazenda em exercício, Nelson Machado.

A decisão sobre a diminuição da quantidade de etanol na gasolina deve ficar, contudo, para a próxima segunda-feira (10), quando haverá reunião do Conselho Interministerial do Açúcar e do Álcool (Cima). O conselho é formado pelos ministérios da Fazenda, Agricultura, Minas e Energia e Desenvolvimento.

 


ABr


 
 
Untitled Document
 Deixar um comentário
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Fones: (77) 9 9962-1243 e 9 8827-5702
Editora Tribuna Popular LTDA - Avenida Presidente Castelo Branco, 96, Centro, Guanambi-Ba.