Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
NOTÍCIAS
Concursos
Copa do Mundo 2010
Política
Reportagem Especial
Policial
Regional
Estadual
Nacional
O Mundo
Economia
Educação
Meio Ambiente
Saúde
Esporte
Local
CANAIS
Alto Astral
Turismo
Reflexão
Dicas e Truques
Editais
Artigos
Parábola
Telefones Úteis
Eventos
Horóscopo
Culinária
Poesias
Piadas
Aniversariantes
Contas Públicas
LINK'S
Micks Informática
Vilson Nunes
Farol da Cidade
Joaquim José Show
Folha do Vale
Sudoeste Bahia
Blog Tiago Marques
Pref. de Guanambi
Alô Cidade
Lobo Mau
Blog do Latinha
Caetfest
Iguanambi
Twitter Trib.Popular
Face Tribuna Popular
REDEINTERSOFT.COM
a-Bahia.com
Portal Pindai
Portal Montes Claros
 
a a a
 
Bento 16 pede tolerância na mensagem de Natal após agressão
 
Sexta, 25 de Dezembro de 2009  
 

O papa Bento 16 pediu um tratamento humano aos imigrantes obrigados a deixar seus países por fome ou intolerância, ao anunciar nesta sexta-feira a mensagem de Natal Urbi et Orbi (À cidade e ao mundo) na praça de São Pedro, poucas horas depois da agressão que sofreu por parte de uma mulher com trastornos mentais.

 

Fontes do Vaticano já haviam anunciado que o Sumo Pontífice manteria inalterada a agenda de Natal, apesar da susto que passou pouco antes da Missa do Galo na noite de quinta-feira.

"Diante do êxodo daqueles que emigram de sua terra e por causa da fome, da intolerância ou da deterioração ambiental se vêem forçados a marchar para longe, a Igreja é uma presença que pede o acolhimento", disse o papa, que não aparentava problemas de saúde e estava sereno.

Da sacada da basílica de São Pedro no Vaticano, Bento 16 anuciou a benção de Natal e foi aplaudido por milhares de fiéis e turistas.

O papa também aproveitou a oportunidade para destacar o papel da Igreja na América Latina. "Em toda a América Latina, o nós da Igreja é fator de identidade, plenitude de verdade e caridade, que não pode ser substituído por nenhuma ideologia", destacou o chefe da Igreja Católica.

Nesta parte da benção, Bento 16 ressaltou Honduras e pediu que o país, em crise desde a destituição do presidente Manuel Zelaya, retome o caminho institucional.

Bento 16 fez ainda um pedido de "respeito aos direitos inalienáveis de cada pessoa e a seu desenvolvimento integral, ao anúncio de justiça e irmandade, fonte de unidade".

Na mensagem, o pontífice reconheceu que "a família humana está profundamente marcada pela grave crise econômica, mas antes de mais nada de caráter moral e pelas dolorosas feridas de guerras e conflitos".

Agressão e queda

Na véspera do Natal, a ítalo-suíça Susanna Maiolo, aparentemente com problemas psíquicos, superou a barreira de segurança e derrubou o papa quando este avançava pela Basílica de São Pedro ao lado de 30 cardeais.

Mas Bento 16, de 82 anos, se levantou rapidamente e celebrou a Missa do Galo, a quinta de seu pontificado, que pela primeira vez começou às 22H00, e não meia-noite, para evitar o cansaço do papa.

A mulher, de 25 anos, foi hospitalizada, anunciou o porta-voz do Vaticano Federico Lombardi.

As imagens da televisão mostram Susanna saltando a barreira de segurança, puxando o papa e derrubando o Pontífice.

A mulher, que já havia tentado se aproximar do papa na Missa do Galo do ano passado, foi interceptada pelos serviços de segurança e interrogada na quinta-feira à noite pela polícia do Vaticano, antes de ser transferida para um hospital.

No incidente, o cardeal francês Roger Etchegaray, de 87 anos, também caiu e fraturou o fêmur.

Outro caso

No ano passado, ao fim da Missa do Galo, também uma mulher - não se descarta que seja a mesma desta quinta-feira - tentou se aproximar do papa, mas foi contida por um oficial da guarda vaticana.

O episódio chamou a atenção do Pontífice e foi registrado pelas câmeras. A segurança do Vaticano, porém, não considerou o episódio relevante e disse que a integridade de Bento 16 não foi colocada em risco.

 

ig / Foto: AP


 
 
Untitled Document
 Deixar um comentário
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Fones: (77) 9 9962-1243 e 9 8827-5702
Editora Tribuna Popular LTDA - Avenida Presidente Castelo Branco, 96, Centro, Guanambi-Ba.