Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
NOTÍCIAS
Concursos
Copa do Mundo 2010
Política
Reportagem Especial
Policial
Regional
Estadual
Nacional
O Mundo
Economia
Educação
Meio Ambiente
Saúde
Esporte
Local
CANAIS
Alto Astral
Turismo
Reflexão
Dicas e Truques
Editais
Artigos
Parábola
Telefones Úteis
Eventos
Horóscopo
Culinária
Poesias
Piadas
Aniversariantes
Contas Públicas
LINK'S
Micks Informática
Vilson Nunes
Farol da Cidade
Joaquim José Show
Folha do Vale
Sudoeste Bahia
Blog Tiago Marques
Pref. de Guanambi
Alô Cidade
Lobo Mau
Blog do Latinha
Caetfest
Iguanambi
Twitter Trib.Popular
Face Tribuna Popular
REDEINTERSOFT.COM
a-Bahia.com
Portal Pindai
Portal Montes Claros
 
a a a
 
País ganhou 335 mil novos empregos no setor de saúde entre 2005 e 2007
 
Quarta, 09 de Dezembro de 2009  
 

Os postos de trabalho ligados a atividades de saúde no Brasil registraram expansão entre os anos de 2005 e 2007, passando de cerca de 3,8 milhões de vagas para aproximadamente 4,2 milhões. A participação desse tipo de ocupação no total das atividades da economia subiu de 4,3% para 4,4%. O acréscimo representa a abertura de 335 mil postos, criados principalmente no setor de comércio de produtos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e odontológicos. Sozinho, este ramo respondeu por 105 mil novas vagas de trabalho no período.

Os dados, divulgados hoje (9) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), fazem parte da pesquisa Conta Satélite Saúde Brasil, que traz informações sobre a produção, o consumo e o comércio exterior de bens e serviços relacionados à saúde, assim como de trabalho e renda nas atividades que geram esses produtos.

O levantamento revela que o rendimento médio anual das atividades na saúde representaram, em 2007, 8,2% das remunerações do total da economia. A renda média mais alta do ramo é a dos trabalhadores das atividades de atendimento hospitalar (que inclui funções de médico, enfermeiro, porteiro e de todos que trabalham em estabelecimentos privados que oferecem esse serviço), que foi de R$ 43,7 mil anuais em 2007. Dois anos antes, o rendimento anual dessa atividade foi de R$ 33.137.

De acordo com Ricardo Moraes, gerente de Modelos e Métodos do IBGE, o dado é positivo, mas não surpreende. “Não se trata de um dado espantoso porque, em geral, esse é um setor em que os profissionais contam com um nível elevado de especialização, além de ser uma atividade com alto grau de formalização. Nesses casos, os salários costumam ser mais altos”, destacou.

Enquanto o grau de formalização geral da economia é de cerca de 44%, nessa atividade, o índice sobe para 70%.

 

 

ABr


 
 
Untitled Document
 Deixar um comentário
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Fones: (77) 9 9962-1243 e 9 8827-5702
Editora Tribuna Popular LTDA - Avenida Presidente Castelo Branco, 96, Centro, Guanambi-Ba.