Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
NOTÍCIAS
Concursos
Copa do Mundo 2010
Política
Reportagem Especial
Policial
Regional
Estadual
Nacional
O Mundo
Economia
Educação
Meio Ambiente
Saúde
Esporte
Local
CANAIS
Alto Astral
Turismo
Reflexão
Dicas e Truques
Editais
Artigos
Parábola
Telefones Úteis
Eventos
Horóscopo
Culinária
Poesias
Piadas
Aniversariantes
Contas Públicas
LINK'S
Micks Informática
Vilson Nunes
Farol da Cidade
Joaquim José Show
Folha do Vale
Sudoeste Bahia
Blog Tiago Marques
Pref. de Guanambi
Alô Cidade
Lobo Mau
Blog do Latinha
Caetfest
Iguanambi
Twitter Trib.Popular
Face Tribuna Popular
REDEINTERSOFT.COM
a-Bahia.com
Portal Pindai
Portal Montes Claros
 
a a a
 
Telefonia lidera ranking de reclamações em um ano da lei do call center
 
Sábado, 05 de Dezembro de 2009  
 

Balanço de um ano da lei que regulamenta o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) aponta que as empresas de telefonia fixa e móvel respondem por mais da metade das reclamações registradas em todos os Institutos de Defesa do Consumidor (Procons) do país. Os dados foram divulgados no seminário Um Ano de Vigência do Decreto do SAC: Balanço e Perspectivas, promovido pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), do Ministério da Justiça.

As companhias de celular têm 29,6% das reclamações e as de telefonia fixa, 24,21%. Segundo pesquisa do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), a OI/Brasil Telecom foi a empresa com mais queixas recebidas pelo SAC, ao todo foram 1.277 reclamações na telefonia celular e 2.184 na fixa. Claro, Tim, Vivo, CTBC e Nextel completam a lista no setor móvel. GVT, Telefônica, Embratel/Net, Tim, CTBC Telecom e Intelig estão entre as que receberam mais queixas na área de telefonia fixa.

Outros setores também apresentam irregularidades e são criticados pelos clientes. É o caso dos cartões de crédito, bancos, serviços de TV por assinatura e financeiras. Entre os principais problemas questionados pelos consumidores estão as dificuldades de acesso, cancelamento dos serviços e as deficiências nos atendimentos.
“O decreto do SAC revolucionou um setor que estava totalmente sem regulamentação e criando inúmeros transtornos aos consumidores”, disse Alexandre Gavronski procurador da República, antes do seminário.

De acordo com o vice-presidente da Associação Nacional do Ministério Público de Defesa do Consumidor (MPCON), José Augusto Peres, a regulamentação do setor é positiva porque a maioria da empresas tiveram interesse de se adapta às normas e o consumidor é o maior beneficiado com isso.

 

ABr


 
 
Untitled Document
 Comentários:
.1
Quinta, 11 de Fevereiro de 2010 | 11:09  
patricia silva costa
eu acho isso abissurdo com a populacao e ainda este prefeitinho nao faz nada
 
 Deixar um comentário
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Fones: (77) 9 9962-1243 e 9 8827-5702
Editora Tribuna Popular LTDA - Avenida Presidente Castelo Branco, 96, Centro, Guanambi-Ba.