Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
NOTÍCIAS
Concursos
Copa do Mundo 2010
Política
Reportagem Especial
Policial
Regional
Estadual
Nacional
O Mundo
Economia
Educação
Meio Ambiente
Saúde
Esporte
Local
CANAIS
Alto Astral
Turismo
Reflexão
Dicas e Truques
Editais
Artigos
Parábola
Telefones Úteis
Eventos
Horóscopo
Culinária
Poesias
Piadas
Aniversariantes
Contas Públicas
LINK'S
Micks Informática
Vilson Nunes
Farol da Cidade
Joaquim José Show
Folha do Vale
Sudoeste Bahia
Blog Tiago Marques
Pref. de Guanambi
Alô Cidade
Lobo Mau
Blog do Latinha
Caetfest
Iguanambi
Twitter Trib.Popular
Face Tribuna Popular
REDEINTERSOFT.COM
a-Bahia.com
Portal Pindai
Portal Montes Claros
 
a a a
 
Condenado à morte não é executado porque não conseguem achar sua veia
 
Quarta, 16 de Setembro de 2009  
 

Uma pessoa condenada à morte passou duas horas na sala de execução em Ohio (norte) na terça-feira porque a equipe de execução não conseguia encontrar uma veia para aplicar a injeção mortal, indicaram nesta quarta-feira autoridades penitenciárias.

Terça-feira, às 14H00 local, após saber que seu último apelo havia sido rejeitado, Romell Broom, um negro de 53 anos, condenado à morte por sequestro, estupro e assassinato de um adolescente em 1984, atravessou a porta de sua cela rumo à sala de execução.

"Sob os olhares de quatro jornalistas e de três membros da família da vítima, a equipe de execução começou a preparar o acusado tentando encontrar a veia ideal para aplicar a injeção letal", explicou à AFP Julie Walburn, porta-voz das autoridades de Ohio.

"Eles encontraram várias vezes alguns pontos, mas quando uma solução salina foi liberada para testá-los, elas se tornavam inutilizáveis", continuou, acrescentando que a equipe havia procurado veias nos dois braços e em ao menos uma perna.

Às 16H00, o governador do Estado ordenou um prazo de sete dias e Broom foi levado de volta à sua cela, acrescentou a porta-voz.

Ela disse ainda que o acusado foi "muito cooperativo e respeitoso da equipe de execução. Ele tentou ajudá-la a encontrar uma veia".

A aplicação de injeções letais de Ohio já foi alvo de críticas várias vezes. Desde 2006, dois detidos tiveram de esperar mais de uma hora para que a equipe encontrasse uma veia para injetar os três produtos que levam à morte.

Mas, segundo especialistas, até agora somente um preso havia voltado vivo à sua cela nos EUA, e foi em 1946.


Agência AFP

 


 
 
Untitled Document
 Deixar um comentário
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Fones: (77) 9 9962-1243 e 9 8827-5702
Editora Tribuna Popular LTDA - Avenida Presidente Castelo Branco, 96, Centro, Guanambi-Ba.