Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
NOTÍCIAS
Concursos
Copa do Mundo 2010
Política
Reportagem Especial
Policial
Regional
Estadual
Nacional
O Mundo
Economia
Educação
Meio Ambiente
Saúde
Esporte
Local
CANAIS
Alto Astral
Turismo
Reflexão
Dicas e Truques
Editais
Artigos
Parábola
Telefones Úteis
Eventos
Horóscopo
Culinária
Poesias
Piadas
Aniversariantes
Contas Públicas
LINK'S
Micks Informática
Vilson Nunes
Farol da Cidade
Joaquim José Show
Folha do Vale
Sudoeste Bahia
Blog Tiago Marques
Pref. de Guanambi
Alô Cidade
Lobo Mau
Blog do Latinha
Caetfest
Iguanambi
Twitter Trib.Popular
Face Tribuna Popular
REDEINTERSOFT.COM
a-Bahia.com
Portal Pindai
Portal Montes Claros
 
a a a
 
Volume de cheques sem fundos volta a subir em julho
 
Quarta, 19 de Agosto de 2009  
 

As férias, o período do inverno e o Dia dos Namorados fizeram com que o número de cheques sem fundos subisse em julho de 2009, segundo a Serasa Experian. De acordo com o levantamento, o volume de cheques devolvidos a cada mil compensados cresceu 9,4% em julho, na comparação com o de junho.

Em julho, foram devolvidos 22,1 cheques a cada mil compensados, e em junho, 20,2. Ao todo, houve 2,31 milhões de devoluções de cheques em julho e 104,52 milhões de compensações. No mês anterior, o número de cheques devolvidos chegou a 2,14 milhões e o de compensados, a 105,96 milhões.

A Serasa Experian lembra que o cheque é considerado desprovido de fundos a partir de sua segunda devolução. Em junho, o número de cheques devolvidos havia caído 9,8%, na comparação com o volume de maio.

O aumento da inadimplência com cheques em julho, para os técnicos da Serasa Experian, deve-se aos presentes para o Dia dos Namorados, financiados com cheque pré-datado, que tiveram o vencimento da segunda parcela; às compras por causa do inverno mais rigoroso; aos gastos mais elevados nas férias em viagens domésticas, em detrimento aos destinos para o exterior por causa da incidência de influenza A (H1N1) – gripe suína –; e ao maior número de dias úteis em julho (23), em relação a junho (21).

Segundo a instituição, o crescimento da inadimplência com cheques também é verificado na variação acumulada. De janeiro a julho de 2009, houve uma elevação de 14,5% no volume de cheques devolvidos a cada mil compensados, na comparação com os dados do mesmo período do ano anterior.

Foram devolvidos 22,9 cheques a cada mil compensados nos sete primeiros meses de 2009, e 20 a cada mil no mesmo período de 2008. Ao todo, foram devolvidos 16,57 milhões de cheques e compensados 723,21 milhões de janeiro a julho deste ano. Em 2008, no mesmo período, foram registrados 16,38 milhões de cheques devolvidos e 820,20 milhões de compensados.

De acordo com os especialistas da Serasa Experian, o crescimento verificado no acumulado do ano se deve à conjuntura econômica e à condição financeira do consumidor, que tiveram alterações entre os períodos. Ou seja, segundo a instituição, em 2008 o país crescia, assim como o emprego e a renda, e havia crédito farto, enquanto em 2009 o cenário é de crise, com a economia fortemente impactada no primeiro trimestre, crédito escasso e freada brusca na atividade econômica.

Os analistas também destacam que o uso não criterioso do cheque pré-datado, para financiar o consumo, foi verificada em vários estabelecimentos, para driblar o crédito menor.

Para os meses de agosto e setembro, a expectativa da Serasa Experian é de que a inadimplência com cheques se mantenha em patamar elevado, perdendo força no último trimestre deste ano.


Abr


 
 
Untitled Document
 Deixar um comentário
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Fones: (77) 9 9962-1243 e 9 8827-5702
Editora Tribuna Popular LTDA - Avenida Presidente Castelo Branco, 96, Centro, Guanambi-Ba.