Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
NOTÍCIAS
Concursos
Copa do Mundo 2010
Política
Reportagem Especial
Policial
Regional
Estadual
Nacional
O Mundo
Economia
Educação
Meio Ambiente
Saúde
Esporte
Local
CANAIS
Alto Astral
Turismo
Reflexão
Dicas e Truques
Editais
Artigos
Parábola
Telefones Úteis
Eventos
Horóscopo
Culinária
Poesias
Piadas
Aniversariantes
Contas Públicas
LINK'S
Micks Informática
Vilson Nunes
Farol da Cidade
Joaquim José Show
Folha do Vale
Sudoeste Bahia
Blog Tiago Marques
Pref. de Guanambi
Alô Cidade
Lobo Mau
Blog do Latinha
Caetfest
Iguanambi
Twitter Trib.Popular
Face Tribuna Popular
REDEINTERSOFT.COM
a-Bahia.com
Portal Pindai
Portal Montes Claros
 
a a a
 
Arrecadação federal fecha abril com queda pelo sexto mês consecutivo
 
Terça, 19 de Maio de 2009  
 

A arrecadação federal encerrou o primeiro quadrimestre de 2009 com queda real de 7,1% em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo números divulgados há pouco pela Receita Federal, entraram R$ 218,8 bilhões no caixa do governo entre janeiro e abril, contra R$ 235,5 bilhões obtidos nos quatro primeiros meses de 2008.

Os valores são corrigidos pela inflação oficial pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Em abril, a arrecadação somou R$ 57,6 bilhões, contra R$ 63 bilhões obtidos no mesmo mês do ano passado. Levando em consideração o IPCA em 12 meses, a queda foi de 8,5%. Foi o sexto mês consecutivo que as receitas tiveram queda na comparação com o mesmo período do ano passado.

De acordo com a Receita, os principais fatores para a queda no primeiro quadrimestre foram a redução na lucratividade das empresas, da produção industrial e a desaceleração das vendas entre janeiro e março. Isso porque a arrecadação em abril reflete os fatos geradores no mês anterior.

As desonerações postas em prática pelo governo para estimular a economia também contribuíram para o resultado. A maior queda foi observada no Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para a venda de automóveis, cuja receita caiu 83,74%. Desde dezembro do ano passado, os veículos com até duas mil cilindradas estão sendo vendidos com redução no imposto.

A Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide), imposto cobrado sobre os combustíveis, também fechou os quatro primeiros meses do ano com queda de 82,54% em relação a 2008. Essa diferença, segundo a Receita, deve-se à redução da alíquota sobre o metro cúbico da gasolina e do diesel, em maio do ano passado.

Por causa da queda nos lucros das empresas, o Imposto de Renda das Pessoas Jurídicas (IRPJ) fechou os quatro primeiros meses de 2009 com queda real de 10,78%. As receitas da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) registraram alta real de 3,72%, mas a Receita alega que esse crescimento decorreu do aumento da alíquota de 9% para 15% para as instituições financeiras.


Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr


 
 
Untitled Document
 Deixar um comentário
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Fones: (77) 9 9962-1243 e 9 8827-5702
Editora Tribuna Popular LTDA - Avenida Presidente Castelo Branco, 96, Centro, Guanambi-Ba.