Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
NOTÍCIAS
Concursos
Copa do Mundo 2010
Política
Reportagem Especial
Policial
Regional
Estadual
Nacional
O Mundo
Economia
Educação
Meio Ambiente
Saúde
Esporte
Local
CANAIS
Alto Astral
Turismo
Reflexão
Dicas e Truques
Editais
Artigos
Parábola
Telefones Úteis
Eventos
Horóscopo
Culinária
Poesias
Piadas
Aniversariantes
Contas Públicas
LINK'S
Micks Informática
Vilson Nunes
Farol da Cidade
Joaquim José Show
Folha do Vale
Sudoeste Bahia
Blog Tiago Marques
Pref. de Guanambi
Alô Cidade
Lobo Mau
Blog do Latinha
Caetfest
Iguanambi
Twitter Trib.Popular
Face Tribuna Popular
REDEINTERSOFT.COM
a-Bahia.com
Portal Pindai
Portal Montes Claros
 
a a a
 
Em show de erros da zaga do Coxa, Santo André faz a festa e goleia
 
Domingo, 17 de Maio de 2009  
 

Time de Marcelinho Carioca vence por 4 a 2, assume liderança e joga rival para a lanterna do Campeonato Brasileiro

Em um jogo repleto de falhas, o Santo André soube aproveitar as chances que teve no primeiro tempo e venceu o Coritiba, de virada, por 4 a 2, no Couto Pereira, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Pablo Escobar, Antônio Flávio, Marcelinho Carioca e Bruno Cesar conseguiram se beneficiar dos erros da zaga do Coxa e fizeram os gols da primeira vitória do time paulista na competição. Rodriguinho e Marcelinho Paraíba descontaram para a equipe da casa, que acumula duas derrotas em dois jogos.

Com o resultado, o Santo André assume provisoriamente a liderança da competição, enquano o Coxa, sem pontuar, é o lanterna. Na próxima rodada, o Coritiba vai a Santa Catarina encarar o Avaí, enquanto o Ramalhão recebe o Flamengo em casa.

Show de erros e gols no Couto Pereira

A partida começou movimentada no Couto Pereira. Antes dos dois minutos, as duas equipes já haviam feito as primeiras finalizações. Jogando em casa, o Coxa buscava mais o ataque, atrás do primeiro gol, que não demorou a sair. Aos quatro minutos, Rodrigo Heffner fez boa jogada pela direita e cruzou para a área. A zaga do Santo André ficou parada, e Renatinho apareceu livre para concluir e abrir o placar.

Apesar da vantagem, o Coritiba errava muitos passes e facilitava a vida do Ramalhão, que passou a ter mais presença ofensiva. A primeira boa chance saiu dos pés de Ricardo Conceição, que arriscou de fora da área. Edson Bastos apareceu bem para fazer a defesa. Dois minutos depois, porém, o Santo André chegou ao empate e, dessa vez, a falha foi da defesa do Coxa. Nunes cruzou da esquerda, e o boliviano Pablo Escobar apareceu livre para marcar de cabeça.

O time da casa teve boa chance de voltar à frente do placar logo depois, aos 13 minutos. Após erro na saída de bola da defesa do Santo André, Marcos Aurélio carregou para o meio e chutou em cima do goleiro Neneca. Mas foi o Santo André que alterou novamente o placar. Aos 17, Pablo Escobar arriscou de fora da área. Antônio Flávio desviou de cabeça e enganou o goleiro Edson Bastos: 2 a 1 para a equipe paulista.

Atrás no placar, o Coxa tentou a reação e teve boa chance, novamente com Marcos Aurélio, aos 19. O atacante driblou Fernando com categoria, invadiu a área e chutou forte. Neneca fez a defesa. O Santo André respondeu com Pablo Escobar, que invadiu a área alviverde, mas finalisou mal, sem direção.

A partir daí, as duas equipes diminuíram o ritmo, e o jogo perdeu em emoção. Feliz com o resultado, o Santo André passou a administrar a partida, sem ser muito incomodado pelo adversário. Pelo contrário. Aos 38 minutos, o goleiro Edson Bastos resolveu facilitar a vida do time paulista e, após recuo de Pereira, entregou a bola nos pés de Gustavo Nery. O lateral tocou para Marcelinho Carioca, que chutou no canto para ampliar.

Aos 40 minutos, Juninho Caiçara, que havia levado o primeiro amarelo quatro minutos antes, fez falta dura em Vicente e foi expulso de campo. Apesar da vantagem numérica, o Coritiba continuou andando em campo e foi para o intervalo sob vaias da torcida.

Sem fazer força, Ramalhão confirma vitória

Na saída para o intervalo, os jogadores alviverdes reclamaram da postura do Coritiba em campo. Talvez por isso, o técnico René Simões, que poupou alguns titulares na escalação inicial, promoveu a entrada de Marcelinho Paraíba no lugar de Pedro Ken, muito mal no jogo. E o Coxa voltou com mais disposição, mas os erros persistiram.

Mal em campo, os jogadores do Coxa não conseguiam vencer a marcação do Santo André e não criavam chances de gol. Do outro lado, o Ramalhão praticamente abdicava do ataque, claramente satisfeito com o resultado. Sem outra opção, Renê mandou mais dois titulares para o jogo: o argentino Ariel entrou na vaga de Hugo, e Leandro Donizeti substituiu Vicente.

O Coritiba aumentou a pressão e teve sua melhor chance aos 17 minutos. Marcos Aurélio cruzou para a área, e Dirceu apareceu bem para cabecear. O goleiro Neneca só assistiu à bola tirar tinta de sua trave esquerda. O Santo André respondeu em seguida, também em bola alçada à área. Mas, antes de Fernando aproveitar, Edson Bastos conseguiu afastar o perigo.

Aos 24, Marcelinho Paraíba recebeu dentro da área e chutou para o gol, mas o árbitro Antonio Hora Filho marcou o impedimento em lance complicada. Três minutos depois, o atacante teve nova oportunidade de marcar, em cobrança de falta. A bola explodiu no travessão, para a sorte do goleiro Neneca, que não tinha chances na jogada.

O Coritiba só voltou a ameaçar aos 31, em um chute de fora da área de Carlinhos Paraíba, para fora. Aos 37, porém, foi o Santo André quem marcou: Bruno Cesar recebeu livre de marcação e chutou com categoria, à esquerda de Edson Bastos para aumentar.

Aos 40, Marcelinho Paraíba diminuiu para o Coxa. Após rebote de Neneca em chute de Marcos Aurélio, o atacante pegou a sobra, livre, e marcou o segundo. Ariel ainda teve ótima chance para fazer o terceiro, em cabeçada dentro da área, mas Neneca fez a defesa. Nos minutos finais, o Santo André ainda perdeu uma chance incrível, com Nunes, que driblou o goleiro, mas pisou na bola em seguida. Mas não precisava. O Ramalhão soube administrar bem o placar e confirmou a boa vitória fora de casa.

 

globoesporte.com


 
 
Untitled Document
 Deixar um comentário
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Fones: (77) 9 9962-1243 e 9 8827-5702
Editora Tribuna Popular LTDA - Avenida Presidente Castelo Branco, 96, Centro, Guanambi-Ba.