Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
NOTÍCIAS
Concursos
Copa do Mundo 2010
Política
Reportagem Especial
Policial
Regional
Estadual
Nacional
O Mundo
Economia
Educação
Meio Ambiente
Saúde
Esporte
Local
CANAIS
Alto Astral
Turismo
Reflexão
Dicas e Truques
Editais
Artigos
Parábola
Telefones Úteis
Eventos
Horóscopo
Culinária
Poesias
Piadas
Aniversariantes
Contas Públicas
LINK'S
Micks Informática
Vilson Nunes
Farol da Cidade
Joaquim José Show
Folha do Vale
Sudoeste Bahia
Blog Tiago Marques
Pref. de Guanambi
Alô Cidade
Lobo Mau
Blog do Latinha
Caetfest
Iguanambi
Twitter Trib.Popular
Face Tribuna Popular
REDEINTERSOFT.COM
a-Bahia.com
Portal Pindai
Portal Montes Claros
 
a a a
 
Dengue: A epidemia do século 21
 
Segunda, 09 de Março de 2009  
 

A dengue é um dos principais problemas de saúde pública no mundo, não é privilégio dos brasileiros apenas. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que entre 50 a 100 milhões de pessoas se infectem anualmente, em mais de 100 países, de todos os continentes, exceto a Europa, desses cerca de 550 mil doentes necessitam de hospitalização e 20 mil vem a óbitos. 

  
 A dengue se apresenta de duas formas:

Clássica - Geralmente com febre, dor de cabeça, no corpo, nas articulações e por trás dos olhos, podendo afetar crianças e adultos, mas raramente mata.

Hemorrágica - É a forma mais severa da doença, pois além dos sintomas citados, é possível ocorrer sangramento, choque e até a morte.

No Brasil, a Bahia é o estado com o maior numero de casos, com mais de 15 mil notificações e treze óbitos, onde o crescimento da doença começa a tomar proporções de tragédia, principalmente na região Sul, onde, só em Itabuna com mais de dois mil casos, com quatro mortes, conforme dados da Secretaria Estadual Saúde (Sesab). Porém, segundo a Secretaria de saúde de Itabuna, já foram confirmadas nove mortes.

As demais cidades com casos fatias são: Ipiaú (01), Jequié (02), Porto Seguro (05) e Salvador (01). Um aumento de 208% em relação ao mesmo período do ano passado.

Os outros estados com maiores números de casos são: Acre, Espírito Santo (região que engloba as cidades de Vitória e Vila Velha) e Minas Gerais (região metropolitana de Belo Horizonte).

Transmissão - A doença não é transmitida de pessoa para pessoa, apenas através do mosquito Aedes aegypti que, após um período de 10 a 14 dias, contados depois de picar alguém contaminado, pode transportar o vírus da dengue durante toda a sua vida. O ciclo de transmissão ocorre do seguinte modo: a fêmea do mosquito deposita seus ovos em recipientes com água. Ao saírem dos ovos, as larvas vivem na água por cerca de uma semana. Após este período, transformam-se em mosquitos adultos, prontos para picar as pessoas. O Aedes aegypti procria em velocidade prodigiosa e o mosquito adulto vive em média 45 dias.

A prevenção e as medidas de combate exigem a participação e a mobilização de toda a comunidade a partir da adoção de medidas simples, visando a interrupção do ciclo de transmissão e contaminação. Caso contrário, as ações isoladas poderão ser insuficientes para acabar com os focos da doença.

Na eventualidade de uma epidemia de dengue numa comunidade ou município, há a necessidade de serem executadas medidas de controle como o uso de inseticidas aplicados através de carro-fumacê ou nebulização, para diminuir o número de mosquitos adultos transmissores e interromper a disseminação da epidemia. Nessa oportunidade, a comunidade deve cooperar com o processo de nebulização, mantendo as portas e janelas das casas abertas, de modo a permitir a entrada do inseticida.

 


 
 
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Fones: (77) 9 9962-1243 e 9 8827-5702
Editora Tribuna Popular LTDA - Avenida Presidente Castelo Branco, 96, Centro, Guanambi-Ba.