Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
NOTÍCIAS
Concursos
Copa do Mundo 2018
Política
Reportagem Especial
Policial
Regional
Estadual
Nacional
O Mundo
Economia
Educação
Meio Ambiente
Saúde
Esporte
Local
CANAIS
Alto Astral
Turismo
Reflexão
Dicas e Truques
Editais
Artigos
Parábola
Telefones Úteis
Eventos
Horóscopo
Culinária
Poesias
Piadas
Aniversariantes
Contas Públicas
LINK'S
Micks Informática
Vilson Nunes
Farol da Cidade
Joaquim José Show
Folha do Vale
Sudoeste Bahia
Agência Sertão
Pref. de Guanambi
Alô Cidade
Lobo Mau
Blog do Latinha
Caetfest
Iguanambi
Twitter Trib.Popular
Face Tribuna Popular
REDEINTERSOFT.COM
a-Bahia.com
Deputada Ivana Bastos
Portal Alô Pilões
 
a a a
 
Prefeitos reagem à extinção do Ministério das Cidades
 
Quarta, 31 de Outubro de 2018  
 

Reunidos, em São Paulo, integrantes da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) reagiram hoje (31) à eventual extinção do Ministério das Cidades. Determinados a evitar o fim da pasta, os prefeitos negociam um encontro com o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) para última semana de novembro. Eles prepararam um documento elencando as preocupações e também as prioridades para ser entregue a Bolsonaro.

“A extinção do ministério nos preocupa, mas queremos entender melhor isso, porque ainda não foi dito o que virá no lugar”, afirmou o prefeito de Campinas e presidente da entidade, Jonas Donizette (PSB).

Anfitrião do encontro, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), acrescentou que a preocupação é com os projetos em andamento. “O que a gente gostaria de saber é de que forma vamos dialogar para continuar a ter uma ação conjunta dos municípios com o governo federal.”

Para o prefeito de Curitiba, Rafael Greca, é a manutenção de uma política direcionada especificamente para as cidades, seja ministério, secretaria ou agência.

A Frente Nacional dos Prefeitos reúne representantes de 400 municípios com mais de 80 mil habitantes, incluindo as capitais do Brasil.

Reformas

Para os prefeitos, são prioritárias as reformas Previdência e tributária. Jonas Donizette disse que é fundamental discutir essas propostas logo, porque “a face mais triste do desemprego” bate na porta das cidades. “Sem crescimento econômico, não existe maneira de as prefeituras se recuperarem.”

Bruno Covas afirmou que as prefeituras pagam as contas da exclusão social e da crise econômica. “Vemos isso nas nossas escolas, nos nossos postos de saúde, nas nossas redes de assistência social.”

Participaram da reunião a prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro (PSDB), os prefeitos de Niterói (RJ), Rodrigo Neves (PDT); de São Caetano do Sul (SP), José Auricchio (PSDB); Apucarana (PR), Beto Preto (PSD); Pará de Minas (MG), Elias Diniz (PSD); além de Jaguariúna (SP), Gustavo Reis MDB) e de Curitiba, Rafael Greca (PMN).

De 25 a 28 de novembro, em São Caetano do Sul (SP), haverá um encontro de prefeitos promovido pela FNP.

Por Agência Brasil / *Com informações da TV Brasil.


 
 
Untitled Document
 Deixar um comentário
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Fones: (77) 9 9962-1243 e 9 8827-5702
Editora Tribuna Popular LTDA - Avenida Presidente Castelo Branco, 96, Centro, Guanambi-Ba.