Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
NOTÍCIAS
Concursos
Copa do Mundo 2018
Política
Reportagem Especial
Policial
Regional
Estadual
Nacional
O Mundo
Economia
Educação
Meio Ambiente
Saúde
Esporte
Local
CANAIS
Alto Astral
Turismo
Reflexão
Dicas e Truques
Editais
Artigos
Parábola
Telefones Úteis
Eventos
Horóscopo
Culinária
Poesias
Piadas
Aniversariantes
Contas Públicas
LINK'S
Micks Informática
Vilson Nunes
Farol da Cidade
Joaquim José Show
Folha do Vale
Sudoeste Bahia
Agência Sertão
Pref. de Guanambi
Alô Cidade
Lobo Mau
Blog do Latinha
Caetfest
Iguanambi
Twitter Trib.Popular
Face Tribuna Popular
REDEINTERSOFT.COM
a-Bahia.com
Deputada Ivana Bastos
Portal Alô Pilões
 
a a a
 
Jaques Wagner, do PT, e Ângelo Coronel, do PSD, são eleitos senadores pela Bahia
 
Segunda, 08 de Outubro de 2018  
 

Jaques Wagner, do PT, e Ângelo Coronel, do PSD, foram eleitos senadores pela Bahia, neste domingo (7), para os próximos oito anos. Com 86% das urnas apuradas, por volta das 21h20, Wagner tinha 35,58% dos votos válidos (3.618.917 votos) e Ângelo Coronel, segundo colocado, 32,76% (3.331.625). Os dois são da mesma chapa de Rui Costa, que foi reeleito governador. O candidato Irmão Lázaro (PSC), com 15,52% dos votos (1.578.926), aparecia na terceira colocação.

Neste ano, o eleitor escolheu dois candidatos ao Senado. O mandato dos senadores é de oito anos, mas as eleições para o cargo ocorrem de quatro em quatro anos. A cada eleição, a Casa renova, alternadamente, um terço e dois terços de suas 81 cadeiras. Neste ano, 54 vagas estavam em disputa no país, duas delas na Bahia.

Nascido no Rio de Janeiro, e um dos fundadores do PT na Bahia, Jaques Wagner foi diretor e presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Petroquímica (Sindiquímica-BA) e fundador e o primeiro presidente do PT e da CUT na Bahia. Em 1990, foi eleito deputado federal e reeleito em 1994 e 1998. Em 2006, foi eleito governador da Bahia e reeleito em 2010. Foi ainda ministro da Defesa, da Casa Civil e do Gabinete Pessoal de Presidência da República no governo Dilma.

Na campanha desse ano, Wagner visitou dezenas de municípios da Bahia, sempre ao lado do candidato ao governo Rui Costa. Na redes sociais e nos discursos pelo interior durante comícios e carreatas, ele sempre exaltava ações que executou durante os seus dois mandatos como governador do estado.

A internet foi o principal lugar onde Wagner apresentou suas propostas. Entre elas, prometeu trabalhar "por um sistema tributário mais justo". O senador defendeu também a taxação de grandes fortunas e a isenção de imposto de renda para quem ganha até cinco salários mínimos. Apareceu sempre na liderança para a primeira vaga do senado em todas as pesquisas eleitorais divulgadas pelo Ibope. No levantamento feito um dia antes das eleições, por exemplo, ele aparecia com 33% dos votos.

Já Ângelo Mário Coronel de Azevedo Martins, que nasceu em Coração de Maria, no Recôncavo baiano, em maio de 1958, é engenheiro civil e empresário. Antes de se candidatar ao cargo, atuava como presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) desde 2017. O currículo ainda inclui a passagem pela prefeitura de sua cidade natal, no quadriênio 1989-1992, pelo PMDB, e os mandatos como deputado estadual desde 1994, quando foi eleito para o cargo pela primeira vez.

Durante a campanha, Coronel passou por mais de 140 municípios do estado, sempre também ao lado do candidato a governador Rui Costa em comícios e carreatas. No meio da disputa ele passou uma cirurgia de emergência, mas manteve a propaganda eleitoral na internet.

Nas redes, Coronel reforçou sua principal proposta, que é fortalecer os direitos das mulheres, e propor a cota de 50% nos concursos públicos, garantindo mais oportunidades para todas. Durante as pesquisas eleitorais ele oscilou entre o segundo e o terceiro lugar e no levantamento divulgado pelo Ibope, um dia antes das eleições, Coronel apareceu em terceiro lugar, com 21% das intenções de voto.

Por G1 BA / Foto: Montagem/G1


 
 
Untitled Document
 Deixar um comentário
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Fones: (77) 9 9962-1243 e 9 8827-5702
Editora Tribuna Popular LTDA - Avenida Presidente Castelo Branco, 96, Centro, Guanambi-Ba.