Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
NOTÍCIAS
Concursos
Copa do Mundo 2010
Política
Reportagem Especial
Policial
Regional
Estadual
Nacional
O Mundo
Economia
Educação
Meio Ambiente
Saúde
Esporte
Local
CANAIS
Alto Astral
Turismo
Reflexão
Dicas e Truques
Editais
Artigos
Parábola
Telefones Úteis
Eventos
Horóscopo
Culinária
Poesias
Piadas
Aniversariantes
Contas Públicas
LINK'S
Micks Informática
Vilson Nunes
Farol da Cidade
Joaquim José Show
Folha do Vale
Sudoeste Bahia
Blog Tiago Marques
Pref. de Guanambi
Alô Cidade
Lobo Mau
Blog do Latinha
Caetfest
Iguanambi
Twitter Trib.Popular
Face Tribuna Popular
REDEINTERSOFT.COM
a-Bahia.com
Portal Pindai
Portal Montes Claros
 
a a a
 
Ensino técnico e profissional oferece mais oportunidades aos estudantes, aponta estudo
 
Quinta, 05 de Outubro de 2017  
 

Dados de levantamento do Senai atentam para o fato de que os jovens brasileiros que já concluíram o ensino médio profissional têm mais chances de conquistar o primeiro emprego. Aproximadamente 79% dos entrevistados associam o ensino técnico a uma base sólida para o futuro profissional. É o caso de Josieli Rodrigues da Paixão, de 21 anos, moradora Governador Mangabeiras (BA). Recentemente, ela concluiu o curso técnico de alimentos e conquistou a tão da sonhada vaga no mercado.

“Entrei no curso técnico por necessidade. Fiz parte da primeira turma de alimentos do instituto e tive muita dificuldade para assimilar os conteúdos teóricos. Não foi fácil concluir o curso. Mas foi gratificante, pelo fato de que ao longo do curso, tomei gosto. Hoje, digo que amo o meu trabalho. Nunca imaginei que seria tão bom para mim, quando me matriculei. Na minha cidade, quem escolhe o setor de laticínios não fica desempregado. A indústria cresce a cada dia. Tenho mais três colegas que foram contratadas no mesmo período”, relata a profissional.

Para o coordenador-geral de Ensino Médio, do Ministério da Educação, Wisley Pereira, ter outras opções dentro das possibilidades do Ensino Médio, como o ensino técnico e profissional, é tentar também atender o projeto de vida dos estudantes. “Mas caberá ao sistema de educação produzir um ensino técnico e profissional já na matriz do próprio Ensino Médio”, pondera.

O deputado federal Daniel Almeida (PCdoB-BA) é favorável às mudanças no sistema educacional. O parlamentar acrescenta que a população deve ser consultada para que haja maior entendimento sobre as demandas da educação, como um todo. “Qualquer reforma da educação não pode prescindir de um debate amplo com a sociedade, com os discentes, docentes, técnicos e com o mundo político. Agora, o ensino técnico é sempre algo que deve fazer parte da formação e da educação.”

A pesquisa feita pelo Senai revela, ainda, que a maioria dos jovens no Nordeste, com idade entre 13 e 18 anos, é favorável à mudança, com uma substituição das matérias tradicionais pela educação técnica.

Geovane Nascimento, reitor do Instituto Federal da Bahia (IFBA), explica que os institutos têm papel significativo para o crescimento econômico da região.

“Na Bahia, há uma demanda nos setores da agropecuária, agroindústria, agricultura familiar e turismo, que os institutos tentam preencher por meio de parcerias com grandes empresas e também com o incentivo ao empreendedorismo, ao ampliar a oferta de profissionais qualificados para ter ou gerir o próprio negocio ou preparar para o mercado de trabalho. Estamos falando da criação de 70% das vagas das escolas públicas, criadas para estudantes que realmente precisam, por viverem em situação de vulnerabilidade social e econômica. O estado tem um potencial para criar mais dois institutos e o governo já tem um estudo sobre isso, principalmente na região rural. Há um vazio, principalmente no interior, que pretendemos preencher nos próximos anos.”

Atualmente, o estado da Bahia conta com 38 Centros Estaduais de Educação Profissional e 92 escolas de Ensino Médio, que também oferecem cursos de Educação Profissional e Tecnológica.

Por Marquezan Araújo e Karenina Moss


 
 
Untitled Document
 Deixar um comentário
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Fones: (77) 9 9962-1243 e 9 8827-5702
Editora Tribuna Popular LTDA - Avenida Presidente Castelo Branco, 96, Centro, Guanambi-Ba.