Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
NOTÍCIAS
Concursos
Copa do Mundo 2010
Política
Reportagem Especial
Policial
Regional
Estadual
Nacional
O Mundo
Economia
Educação
Meio Ambiente
Saúde
Esporte
Local
CANAIS
Alto Astral
Turismo
Reflexão
Dicas e Truques
Editais
Artigos
Parábola
Telefones Úteis
Eventos
Horóscopo
Culinária
Poesias
Piadas
Aniversariantes
Contas Públicas
LINK'S
Micks Informática
Vilson Nunes
Farol da Cidade
Joaquim José Show
Folha do Vale
Sudoeste Bahia
Blog Tiago Marques
Pref. de Guanambi
Alô Cidade
Lobo Mau
Blog do Latinha
Caetfest
Iguanambi
Twitter Trib.Popular
Face Tribuna Popular
REDEINTERSOFT.COM
a-Bahia.com
Portal Pindai
Portal Montes Claros
 
a a a
 
PF investiga lavagem de dinheiro com propina nas obras da ferrovia Norte-Sul
 
Quinta, 25 de Maio de 2017  
 

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal lançaram uma operação nesta quinta-feira para desmontar um esquema de lavagem de dinheiro oriundo de propinas pagas na construção da ferrovia Norte-Sul, em um desdobramento da operação Lava Jato, tendo como alvos pessoas já condenadas que continuariam a cometer crimes, informou o MPF.

Foram expedidos mandados de prisão para Jader Ferreira das Neves, filho do ex-presidente da estatal Valec José Francisco das Neves, e para o advogado Leandro de Melo Ribeiro, enquanto pedido de prisão formulado pelo MPF contra o próprio José Francisco foi rejeitado pela Justiça.

"As prisões foram pedidas porque se apurou que os investigados, mesmo depois de condenados, continuam a cometer crimes de lavagem de dinheiro (estão em plena atividade criminosa), estão produzindo provas falsas no processo para ludibriar o juízo e assegurar impunidade, além de custearem parte de sua defesa técnica (advogados) com dinheiro de propina", disse o MPF em comunicado.

O ex-presidente da Valec e seu filho são suspeitos de continuarem a lavar dinheiro oriundo de propina, mantendo oculto parte do patrimônio, apesar de já terem sido condenados a 10 e 7 anos de prisão, respectivamente, por formação de quadrilha e lavagem de aproximadamente 20 milhões de reais provenientes da prática de crimes de cartel, fraudes em licitações, peculato e corrupção nas obras de construção da Ferrovia Norte-Sul.

Os dois aguardavam julgamento de seus recursos em liberdade. Já o advogado Leandro de Melo Ribeiro é apontado como suspeito de ser laranja do esquema para auxiliar na ocultação de patrimônio.

A operação contou com acordos de delação premiada de executivos das construtoras Camargo Corrêa e Andrade Gutierrez com o Ministério Público Federal em Goiás em colaboração com a força-tarefa da Lava Jato, nos quais os empresários confessaram o pagamento de propina ao então presidente da Valec, como parte das obras de construção da Ferrovia Norte-Sul.

A ferrovia Norte-Sul, concebida na década de 1980 ainda no governo José Sarney, será o principal eixo logístico de integração ferroviária do país, ligando as regiões produtoras de grãos no Centro-Oeste do país aos portos da região Norte, bem como à malha ferroviária do Sul e Sudeste, ampliando as opções de escoamento até os portos, quando for finalmente concluída.

Reuters / Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro


 
 
Untitled Document
 Deixar um comentário
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Fones: (77) 9 9962-1243 e 9 8827-5702
Editora Tribuna Popular LTDA - Avenida Presidente Castelo Branco, 96, Centro, Guanambi-Ba.