Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
NOTÍCIAS
Concursos
Copa do Mundo 2010
Política
Reportagem Especial
Policial
Regional
Estadual
Nacional
O Mundo
Economia
Educação
Meio Ambiente
Saúde
Esporte
Local
CANAIS
Alto Astral
Turismo
Reflexão
Dicas e Truques
Editais
Artigos
Parábola
Telefones Úteis
Eventos
Horóscopo
Culinária
Poesias
Piadas
Aniversariantes
Contas Públicas
LINK'S
Micks Informática
Vilson Nunes
Farol da Cidade
Joaquim José Show
Folha do Vale
Sudoeste Bahia
Blog Tiago Marques
Pref. de Guanambi
Alô Cidade
Lobo Mau
Blog do Latinha
Caetfest
Iguanambi
Twitter Trib.Popular
Face Tribuna Popular
REDEINTERSOFT.COM
a-Bahia.com
Portal Pindai
Portal Montes Claros
 
a a a
 
“Açúcar em falta”
 
Domingo, 28 de Fevereiro de 2010  
 

Os aumentos no preço do açúcar ainda serão sentidos nas prateleiras dos supermercados nos próximos meses. 
     
Há recorde no preço do açúcar, a cotação mais alta no mercado internacional desde 1981. O motivo da alta do açúcar ainda é provocado pela quebra de safra da Índia que é o segundo maior produtor mundial, que no período de 2007/2008 produziu 12,6 milhões de toneladas a menos e de grande exportador o país indiano consumiu 4 milhões toneladas do Brasil, além dos países que consumiam do mercado indiano foram obrigados a procurar outros fornecedores, o que provocou aumento de preço do produto no mercado mundial.
     
O aumento desta commodity no mercado internacional foi de 130% em 2009.
     
O preço nos supermercados surpreende com aumento nos últimos 18 meses que superou a marca dos 150%, que está provocando elevação de preços de vários produtos alimentícios que dependem do açúcar, inclusive os Ovos de Páscoa estarão mais caros.
     
O excesso de chuvas no mercado nacional atrasou parte da colheita e diminuiu a concentração de sacarose nos pés, afetando a produtividade na região Centro-Sul do Brasil, responsável por quase 90% da produção nacional. O preço no mercado internacional deve ter aumentos até meados de setembro de 2010, portanto não estão previstos queda de preços no açúcar, quanto ao álcool, à queda dependerá de como o governo brasileiro influenciará no preço deste combustível.    
      
Segundo o Banco Barclay alega que não haverá açúcar suficiente no mercado internacional nos próximos 8 meses e que a queda da safra indiana se não sofrer novos impactos ambientais poderá normalizar-se apenas em 2011.
       
Para o Brasil este é um importante influenciador nos preços de combustíveis que por consequência afeta preços de locomoção das famílias brasileiras e contribuem para alimentar a inflação de 2010.
        
No mundo da oferta e da procura, quando existe falta de matéria-prima, acabam provocando especulações de preço e aumento dos produtos derivados.
        
O povo brasileiro sente o aumento do açúcar, porque boa parte dos produtos consumidos no país contém uma parcela deste produto, como o caso dos pães, bolachas, sorvetes e tantos outros produtos.
        
Em 2010 os alimentos irão contribuir para elevação da inflação.

 

Welinton dos Santos - É Economista e Psicopedagogo, Membro da Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio, Indústria e Agricultura, Delegado de Economia de Caçapava, Ex-Coordenador do Projeto URB-AL - União Européia e América Latina - rede 7, Palecistra, conferencista nacional, Colaborador de Projetos Sociais, dentre outros.

 


 
 
Untitled Document
 Deixar um comentário
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Fones: (77) 9 9962-1243 e 9 8827-5702
Editora Tribuna Popular LTDA - Avenida Presidente Castelo Branco, 96, Centro, Guanambi-Ba.