Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
NOTÍCIAS
Concursos
Copa do Mundo 2010
Política
Reportagem Especial
Policial
Regional
Estadual
Nacional
O Mundo
Economia
Educação
Meio Ambiente
Saúde
Esporte
Local
CANAIS
Alto Astral
Turismo
Reflexão
Dicas e Truques
Editais
Artigos
Parábola
Telefones Úteis
Eventos
Horóscopo
Culinária
Poesias
Piadas
Aniversariantes
Contas Públicas
LINK'S
Micks Informática
Vilson Nunes
Farol da Cidade
Joaquim José Show
Folha do Vale
Sudoeste Bahia
Blog Tiago Marques
Pref. de Guanambi
Alô Cidade
Lobo Mau
Blog do Latinha
Caetfest
Iguanambi
Twitter Trib.Popular
Face Tribuna Popular
REDEINTERSOFT.COM
a-Bahia.com
Portal Pindai
Portal Montes Claros
 
a a a
 
“Dicas de economia para aposentados 1ª parte”
 
Sexta, 30 de Outubro de 2009  
 

Como é difícil a vida dos aposentados no país, provocados por mudanças na estrutura de nossa sociedade.

Antigamente o aposentado tinha como despesas as compras com medicamento e alimentação própria, mas com o decorrer do tempo, além das sucessivas crises econômicas, baixo nível de qualidade do ensino público, provocou novas atribuições aos aposentados que não eram comuns até duas décadas atrás.

Hoje os aposentados arcam com as despesas do lar dos filhos, muitos pedem para que os pensionistas morem juntos para auxiliar na renda da casa, outros utilizam do crédito consignado com descontos sob o benefício do aposentado, em que as taxas de juros são mais baixas, mas em 90% dos casos o dinheiro emprestado não é para utilização em benefício do aposentado, comprometendo ainda mais o já minguado dinheiro que recebe todos os meses.

A perda real nos repasses sobre os benefícios ocorreu a partir do momento da desvinculação do benefício ao salário mínimo. Algumas dicas de economia:

1) Vários aposentados gostariam de viajar, mas poucos sabem que existe o “Bilhete de Viagem do Idoso” (Resolução ANTT – 1.692/2006), as pessoas com mais de 60 anos e que tenham renda igual ou inferior a 2 salários mínimos nacionais (até R$ 930,00), tem direito a passagem grátis, o limite, no entanto são dois assentos por viagem, se por acaso o ônibus em que deseja viajar já tenha concedido os dois assentos gratuitos, é assegurado o desconto de 50% nos demais assentos, previsto no Estatuto do Idoso. Lembrando que vale inclusive viagens para outros estados. A passagem concedida só pode ser solicitada na cidade de embarque, respeitando no mínimo 3 horas de antecedência da saída do terminal rodoviário, a sugestão é que seja solicitado com pelo menos alguns dias de antecedência para assegurar este direito.

2) Aprenda a reciclar embalagens dos produtos consumidos e leve até um balcão de troca, ou sucateiro, apesar da pequena remuneração, dá para suprir alguns pequenos gastos como compra de pães em alguns dias do mês, além de auxiliar o meio ambiente.

3) Verifique a possibilidade de colocar energia solar na residência em que mora, o projeto é gratuito e pode ser feito com material reciclado de baixo custo por R$ 200,00 e em torno de R$ 400,00 com materiais novos, mas em compensação a residência diminui em até 80% o consumo de energia, apesar do investimento, compensa, porque gerará economia aos moradores daquela residência por muito tempo, para saber como montar o aquecedor solar de baixo custo, entre em contato com a Sociedade do Sol, 11-3039-8317 ou pelo site www.sociedadedosol.org.br. Colocar nos ambientes lâmpadas econômicas e utilize ducha que gaste menos energia.

4) Na compra de remédios verifique as farmácias que vendam medicamentos fracionados para evitar desperdício. Faça convênios em farmácias que dão descontos a aposentados, porém, nunca compre no primeiro endereço, pesquisar é importante, para aqueles que tiverem filhos ou netos solicite pesquisas de preços na internet antes de ir a uma farmácia, para ter uma noção real de preços e poder negociar. Para quem têm diabetes o conselho é procurar farmácias especializadas que podem oferecer preços melhores, redes grandes podem oferecer melhores preços e alguns medicamentos têm similares, mas compare o genérico com o principal, antes o genérico era mais barato, hoje é preciso verificar, a diferença de preços de remédio entre um local e outro chega até 675% a mais, ou seja, um mesmo produto que você pode comprar por R$ 10,00 à vista em outro pode estar R$ 67,50 e em outro dão desconto de 50%, mas o preço chega a R$ 33,75, porque utiliza o cartão da farmácia, portanto, a compra a vista ou com cartão de crédito pessoal é a melhor alternativa. Pesquise sempre!

5) Procure comprar roupas sempre no final do mês, em que os preços estão mais baratos e encontra promoções, mesmo assim, pechinche, pesquise e sempre peça desconto, não tenha vergonha, converse com o atendente a respeito. Tenha paciência.

6) Compra de sapatos, geralmente as lojas têm produtos que saíram da moda ou pequenos encalhes com descontos de até 70%, mesmo na promoção pechinche por descontos à vista. Garimpando é possível encontrar bons produtos.

Estas são algumas dicas deste primeiro artigo. Sucesso em suas compras.
           

Welinton dos Santos - É Economista e Psicopedagogo, Membro da Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio, Indústria e Agricultura, Delegado de Economia de Caçapava, Ex-Coordenador do Projeto URB-AL - União Européia e América Latina - rede 7, Palecistra, conferencista nacional, Colaborador de Projetos Sociais, dentre outros.


 
 
Untitled Document
 Deixar um comentário
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Fones: (77) 9 9962-1243 e 9 8827-5702
Editora Tribuna Popular LTDA - Avenida Presidente Castelo Branco, 96, Centro, Guanambi-Ba.